Esse bicho come o quê, Doutor?
29 de março de 2015
Vamos falar de Estética Animal
29 de março de 2015

Carrapatos? Existe solução!

Carrapatos? Existe solução!
Uma das queixas mais comuns em um consultório veterinário é justamente a respeito daquele bichinho que se instala em nossos cães e nossa casa sem ser convidado: o carrapato. O problema é que acabar com ele as vezes é tão demorado que as pessoas acabam desistindo do tratamento acreditando que não há solução para o caso. Mas sim, há solução. Com o investimento financeiro certo (não disse alto), paciência e persistência podemos acabar com a infestação desses invasores.
Existem várias espécies de carrapatos, cada um com um comportamento diferente. O mais encontrado em cães e ambientes domésticos é o Riphicephalus sanguíneos. Este artrópode tem como característica interessante para diferencia-lo a preferência pelos cães, ou seja, dificilmente picará humanos. Se esse é o seu caso, provavelmente vamos ajudar neste coluna a solucionar o problema.
Esta espécie procura nas residências frestas onde possam fazem os ninhos. Eles sobem verticalmente em paredes, muros ou móveis para procurar estes espaços, fugindo de uma possível umidade do solo, oque não é tolerado por esta espécie de carrapato. Eles não vivem em gramas, jardins, ou em qualquer outro tipo de piso, ao contrário do que muita gente pensa, assim também como não vivem no animal, visto que nele a quantidade de carrapato corresponde a apenas 5 % da quantidade total do ambiente. Usar medicamentos nesses lugares, ou de rápida ação no animal , é desperdício de tempo e dinheiro.
Eles saem dos ninhos apenas para alimentarem-se durante a noite ecomeçam a retornar nas primeiras horas da manhã. Quando a infestação é pequena, é comum não observarmos este processo e é por isso que temos a sensação de que a infestação ocorreu de “uma hora para outra”. Quando chegamos a ver grande quantidade no animal, é por que a infestação ambiental já está altíssima. Caso você veja um carrapato subindo uma parede siga-o, pois provavelmente ele te indicará onde está o ninho.
Descobrindo o ninho, você terá duas frentes de combate: a casa e o animal. Existem inúmeros produtos adequados para usar em cada um, o importante é que seja usado no animal um produto próprio de longa ação pois os carrapatos remanescentes que irão se alimentar morrerão ao ingerir a medicação, quebrando o ciclo. O seu médico veterinário é a pessoa mais indicada para prescrever o melhor medicamento para o seu animal.
Só mais duas informações em relação a este assunto. Infestação de carrapatos em nada tem haver com higiene, pelo contrário, eles adoram uma casa bem limpinha. Calma, não precisa deixar a casa suja, basta usar medicação indicada pelo seu Médico Veterinário regularmente, mesmo que não veja nenhum parasito no seu cão porque qualquer carrapato que chegue ate sua casa morrerá antes que consiga reproduzir-se. Outra dica importante: não existe medicamento milagroso. Tenha em mente que o tempo de tratamento varia de acordo com o grau de infestação. Tenha paciência e ouça seu Profissional de confiança pois muitos “medicamentos milagrosos” podem inclusive intoxicar e matar o animal.
MÉD. VETERINÁRIA LILIANE DE SOUZA BARROSOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *