Meu Animal Idoso pode passar por uma anestesia?

Vamos falar de Estética Animal
29 de março de 2015
Caiu os “quartos”. É cinomose?Médica Veterinária Liliane de Souza Barroso
29 de março de 2015

Meu Animal Idoso pode passar por uma anestesia?

Médica Veterinária Lilian Miguel

A dúvida de que, se o animal passar por uma anestesia para realização de um procedimento cirúrgico sairá com vida, é muito comum. E quase sempre a resposta esperada pelo proprietário é não. O dono do animalzinho acredita que este não resistiria e é até possível que ele tenha sido induzido a pensar assim por alguns profissionais.

A verdade é que esse já é um pensamentoantigo na medicina veterinária e felizmente não corresponde mais à nossa realidade.  Existem em nosso meio, muitos médicos veterinários especialistas em anestesia, capazes de fazer o mesmo trabalho que é feito em um ser humano. Estes profissionais estão providosde equipamentos como os monitores multiparâmetros, que medem constantemente o número de batimentos cardíacos e de movimentos respiratórios, a pressão sanguínea e a temperatura corporal durante a anestesia do animal. Também possuem as drogas sedativas e anestésicas seguras para cada caso, ou seja, para pacientes muito jovens ou muito idosos, cardiopatas,nefropatas, e assim por diante. Além das melhores drogas para o controle da dor.

Depois das castrações (ovariohisterectomia e orquiectomia ou vasectomia), os procedimentos mais comuns na veterinária que necessitam de uma anestesia geral, são as excisões de tumores, em pele e em diversos órgãos internos, e a extração do tártaro. Essas duas situações ocorrem em muito maior número em animais idosos. É justamente numa idade mais avançada que os problemas irão aparecer.

No caso de uma neoplasia (tumor), por exemplo, na maioria das vezes, não é sensato deixar de realizar o procedimento cirúrgico por medo da anestesia, já que os tumores não costumam parar de crescer e a situação chegará em breve a um ponto insustentável. É preciso que se tome uma decisão positiva o quanto antes.
Caso seu animalzinho precise passar por uma anestesia, procure o profissional competente, que solicitará os exames pré-operatórios como hemograma, bioquímica, eletrocardiograma e eventualmente radiografias e ultrassonografia.

É importante lembrar que uma anestesia tem sempre o seu risco em qualquer animal, mesmo que aparentemente saudável. Mas tomando todos os cuidados necessários e solicitando o serviço de um anestesista, as chancesde sucesso são sempre maiores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *