Caiu os “quartos”. É cinomose?Médica Veterinária Liliane de Souza Barroso
29 de março de 2015
Qual a melhor idade para castrar minha cadelinha?
29 de março de 2015

É dia de banho !

Médica Veterinária Juliana Espindola Vieira – Formada pela UNESA.

Essa dica é para os cães que adoram mergulhar naquele dia de sol com seus donos ou para aqueles que frequentam o banho e tosa. Então fique atento aos transtornos causados pela água no ouvidinho de seu cão e cuidados que podemos ter para evitar a otite.

A otite, ou inflamação dos condutos auditivos, constitui um dos problemas dermatológicos mais comuns no dia-a-dia da clínica, causando dor, mau cheiro, excesso de cera e vermelhidão nos ouvidos. Dentre as inúmeras causas do problema, a umidade excessiva dos condutos é uma das causas mais comuns, podendo inclusive, protelar o processo de cura ao longo de um tratamento. Então fique atento para alguns sintomas mais comuns da otite: agitação da cabeça, coceira, esfrega das orelhas contra o chão, dor ao redor das orelhas e cabeça, mau cheiro, secreções e perda de audição, geralmente relatada pelo proprietário.

O diagnóstico dessa doença deve levar em conta vários fatores, que muitas vezes convergem para um tratamento de longa duração, e pode se dar através de exame físico, otoscopia ou exames laboratoriais (citologia, cultura e antibiograma).O tratamento quem vai definir é o veterinário, por isso não medique seu cão sem orientação.

Com o intuito de diminuir este problema, alguns proprietários ou tosadores utilizam tampões de algodão nos ouvidos durante o banho,Outra situação semelhante é a de cães nadadores os nossos pequenos “esportistas caseiros”.O que ninguém parece se dar conta, é de que o algodão também fica molhado, passando a “gotejar” o excesso de água para o interior dos condutos.

Para ajudar a resolver a situação deixo aqui a dica do algodão parafinado. São os mesmos tampões utilizados em Pet Shops, mas impermeabilizados. É preciso mandar fazer em qualquer farmácia de manipulação e não custa caro.

No caso de mergulhos muito longos, recomendo ainda o uso de ceruminolíticos veterinários logo após, que funcionam como agentes dessecantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *